domingo, 5 de março de 2017

Santa Maria Madalena da Lagoa do Sul (Sumaúma), seu Aspecto Político.

Foto Cabral-Cidade de Marechal Deodoro
A Historia da atual cidade de Marechal Deodoro, que tinha o nome sesmaria de Madalena da Sumaúma, se estendia territorialmente pelas margens da lagoa Mundaú e seus canais, tem sua formação econômica relacionada à produção da cana de Açúcar (Engenhos), na qual o escoamento da produção se dava pelo porto do Francês.
Assim como a Historia da vila Santa Maria Madalena da Lagoa do Sul não esta relacionada com proclamação da republica, já que o proclamador Marechal Deodoro só nasceu na cidade de Alagoas, atual Marechal Deodoro, em Alagoas, no dia 5 de agosto de 1827 e estudou em escola militar desde os 16 anos no Rio de Janeiro, historia da cidade está relacionada com as Invasões Holandesas e a chegada das ordens religiosas que fundaram conventos e inúmeras Igrejas. Segundo Sebastião Heleno no livro (Marechal Deodoro A primeira capital de Alagoas),a vila de Santa Maria Madalena da Lagoa do Sul foi fundada Por Duarte Coelho em 12 de Abril 1636.

Já Ernani Mero cita em seu livro: (Santa Maria Madalena) “A vila foi Palco das atrocidades praticadas pelos holandeses Esses invasores a 20 de outubro 1632 atacaram porto de Pedras, em seguida rumando para  Camaragibe, porto do Francês, chegando  à Santa Maria Madalena. Incendiaram casas, não  Poupando a primitiva Matriz de Nossa Senhora da conceição na cidade vila”

Patio do convento Franciscano: foto Cabral
Do ponto de vista da nossa formação territorial ( parte sul de Pernambuco),já possuía Porto Calvo ao Norte, Lagoa do sul ou Madalena da lagoa do sul ao centro e Penedo no sul, realizada por expedições comadas por Duarte Coelho por volta de1545,que dividiu o território em Sesmarias para os respectivos donatários,  Cristóvão Lins (atual Porto Calvo), Diogo Soares  ( atual Marechal Deodoro) e  Jeronimo de Albuquerque (atual Penedo).
Em 8 de Março de 1823 se transforma em sede  da Capital da província , com o processo da Emancipação política de Alagoas e a Chegada do primeiro  Governador de Alagoas o 


  Historiador Jaime de Altavila  Afirma”:
Pode-se dizer a capital das Alagoas passou ser em Maceió desde o dia em quer primeiro  governador, Francisco de Melo Povoas , quando saltou no Porto de Jaraguá aos 27 de dezembro 1818.”


  Crise politica entre os Alagoanos e Maceioenses

Antigo Palácio Provincial ,onde Agostinho de Silva ficou cativo.
A partir desse contexto vai provocar uma crise politica entre os Alagoanos e Maceioenses em relação à sede da Capitania e posição Política adotada por Melo Povoas em transferir a sede da Capitania para Maceió (Porto de Jaraguá), crise politica exacerbar-se quando da vinda do segundo governador Agostinho da silva Neves, defendia quer a vila de Maceió teria melhores condições para servir de capital e resolveu transferir  o cofre do tesouro para a vila de Maceió em 27 de outubro 1839.
Aristocracia rural Alagoana não aceita a tal medida adotada por Agostinho de Silva lidera a revolta, José Tavares Bastos e o Pai de Deodoro, Mendes da Fonseca quer mantém  o governador cativo na sede do Governo no Palácio provincial e  Tavares Bastos tomou a posse por dois dias o governo.
Na Vila de Maceió membro Aristocrata de Maceió, João veira chagas, vice-presidente, declara a vila de Maceió sede provisória do Governo, resgatar Agostinho de Alagoas do sul, que parte do Porto do Francês bordo de um ( navio) para vila de Maceió. Em 2 de dezembro as tropas legalistas entram na Lagoa do Sul ocupam Lagoa do sul, em 9 de dezembro de 1839 a capital das Alagoas passa para Maceió.
Casa de Marechal Deodoro da Fonseca: foto Cabral

Nenhum comentário:

Postar um comentário